CONDENADO EM 2013, CASSOL AGUARDA CONCLUSÃO DO CASO

Plenário do Senado

Recurso foi apresentado e aguarda inclusão na pauta, diz STF…

Brasília, DF -Continua sem prazo o julgamento do senador Ivo Casso (PP-RO). Ele foi condenado a 4 anos e 8 meses de prisão em regime semiaberto em 2013, acusado de fraudar licitações durante o período em que foi prefeito de Rolim de Moura (RO), entre 1998 e 2002. A condenação foi mantida pelo Supremo Tribunal Federal em setembro do ano passado, mas Cassol recorre em liberdade. Segundo o STF, o recurso foi apresentado em mesa para julgamento e aguarda a inclusão na pauta do Plenário. Ou seja, não há prazo.

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, havia pedido ao STF a prisão de Ivo Cassol em dezembro do ano passado. No entanto, o caso segue sem novidades. À época, Janot afirmou que o recurso da defesa do senador tinha o objetivo de “protelar” e “tumultuar” o desfecho do processo.

Cassol é acusado de fraudar licitações para asfaltamento em vias do município. Elas teriam sido direcionadas para beneficiar empreiteiras, cujos sócios teriam ligações pessoais ou profissionais com Cassol. Ele foi condenado ainda a pagar multa de R$ 201.817,05.

A defesa do parlamentar afirma que as licitações foram realizadas de acordo com a lei e que não houve desvio de recurso. “Cassol foi condenado por 12 procedimento licitatórios, sendo que oito deles não constam na denúncia”, disse.

Por OOBSERVADOR

DA REDAÇÃO DO HOJERONDONIA.COM

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

E-mail: hojerondonia@gmail.com / wilmergborges@hotmail.com