FLAMENGO MARCA NOS ACRÉSCIMOS, EMPATA COM VASCO E É CAMPEÃO

5394CC389671C1A626C38C31FE1235

Gol chorado de Márcio Araújo aos 45 do segundo tempo dá o título ao Fla…

Foi sofrido, suado, catimbado, chorado, polêmico, mas o Flamengo conseguiu, mais uma vez, ser campeão estadual em cima do Vasco. O gol de Márcio Araújo, aos 45 minutos do segundo tempo, decretou o empate por 1 a 1, o que bastou para o Rubro-Negro ser campeão e impor mais um vice para o maior rival.

Os dois times pisaram no gramado do Maracanã modificados. O Flamengo não teve Samir, machucado, que deu lugar ao veterano zagueiro Chicão. No Vasco, Adilson Batista escalou o ataque com Thalles e William Barbio, barrando Reginaldo e deixando Edmilson, lesionado, fora. Fellipe Bastos ainda entrou no meio, na vaga do suspenso Everton Costa. O time cruz-maltino teve o domínio do primeiro tempo, com 73% de posse de bola contra apenas 27% do Rubro-Negro, mas foi pouco efetivo e esbarrou na bem postada defesa rival.

A equipe levantou algumas bolas na área em busca de Thalles, sem sucesso. Fellipe Bastos e Douglas arriscaram de longe, também sem assustar a meta de Felipe. Com o campo molhada por causa da chuva que começou a cair logo no começo da partida, os arremates de longe também foram utilizados pelo Flamengo, mas Martín Silva esteve seguro. Os contra-ataques puxados por Paulinho e Everton ora tinham um passe errado no fim, ora eram parados com faltas. Foram seis amarelos na primeira etapa, três para cada lado.

O panorama não mudou na segunda etapa. As faltas duras persistiram, assim como a troca de empurrões e os chutes de longe. Aos 14, André Rocha e Chicão exageraram, chegaram a trocar cabeçadas e foram expulsos. Foi aí que entrou Erazo. O zagueiro equatoriano do Flamengo foi suprir a ausência de Chicão, mas cometeu, em cima de Pedro Ken, pênalti, aos 28. Após muita reclamação, Douglas cobrou com perfeição aos 30 e correu para festejar abraçando os torcedores.

Depois disso, o Vasco foi quem recuou, e o Flamengo atacou de forma desordenada. Foram muitos cruzamentos na área, cortados pela defesa cruz-maltina, que se segurou como pôde, até Márcio Araújo marcar aos 45.

Por GloboEsporte.comRio de Janeiro

DA REDAÇÃO DO HOJERONDONIA.COM

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

E-mail: hojerondonia@gmail.com / wilmergborges@hotmail.com