SICOOB CREDISUL COMEMORA NOVO RECORDE DE RESULTADOS

Diretoria 2-29

Balanço da cooperativa aponta R$ 465 milhões em ativos no exercício financeiro de 2015. No posto da mais rentável dentre todas as cooperativas do Sistema Sicoob, vai distribuir mais de R$ 41 milhões em sobras e juros aos seus cooperados…

A Cooperativa de Crédito de Livre Admissão do Sudoeste da Amazônia – Sicoob Credisul – realiza, na sexta-feira, 29/4, sua pré-assembleia em Vilhena, onde está localizada a sede administrativa e outros quatro Pontos de Atendimento (PAs). E mais uma vez os associados terão motivos para comemorar, pois, em 2015, o resultado financeiro da Sicoob Credisul voltou a impressionar. Os ativos saltaram de R$ 395 milhões em 2014 para quase R$ 465 milhões no final de 2015. Um aumento de quase 18%, o que mantém a instituição entre as maiores cooperativas de crédito do Estado.

As operações de crédito da Sicoob Credisul também evoluíram, atingindo cerca de R$ 350 milhões, um crescimento de quase 22% em relação ao exercício anterior. O patrimônio líquido da cooperativa ultrapassou a marca de R$ 122 milhões de reais. Em 2015 a Sicoob Credisul gerou R$ 41,4 milhões em sobras e juros ao capital, uma crescimento de 37% comparado ao ano anterior. São as sobras e juros sobre o capital que são devolvidos aos cooperados, após as destinações legais e aprovação na Assembleia Geral. “A Sicoob é uma das maiores empresas privadas no estado de Rondônia. E esses números extremamente expressivos demonstram não apenas o tamanho e força da cooperativa, mas principalmente a solidez da Credisul”, afirma o diretor executivo, Vilmar Saúgo.

Diretoria 2-3

Para manter esse histórico de bons resultados, que se convertem em credibilidade e solidez, é necessária uma administração responsável e competente. Graças a um sistema eficiente, regulado, com baixa exposição a riscos e provisionado contra calotes, a Siccob Credisul tem conseguido se estabelecer nesse mercado nervoso e instável, e se destacar nesse momento de crise. “A Credisul possui ativos saudáveis e é cautelosa, critérios importantes para bem gerenciar os recursos dos cooperados e ao mesmo tempo ser competitiva com as instituições financeiras”, avalia o diretor presidente Ivan Capra.

A Sicoob Credisul vem aumentando gradativamente suas reservas para garantir maior solidez à cooperativa. Atualmente, a cooperativa possui aproximadamente R$ 35 milhões em reservas, e participa de um fundo garantidor de solidez do cooperativismo nacional que possui reservas de cerca de meio bilhão de reais. “Isto é importante porque se houver perdas em um exercício, o que não é o nosso caso, recorremos a estes fundos, cujo objetivo é dar segurança e solidez ao negócio. É um socorro que evita que o associado tenha o prejuízo. Se der sobras, divide entre os sócios, se der perdas – o que nunca aconteceu conosco – acessa o fundo, que quanto maior, melhor”, explica Saúgo.

O diretor executivo também lembra que as cooperativas de crédito são menos suscetíveis às crises econômicas por conta de suas características. São instituições financeiras que não visam apenas lucro. Estas instituições têm um princípio social que é a sua essência: o desenvolvimento econômico da região, pois os recursos que movimentam são reinvestidos localmente, dando oportunidade ao crescimento econômico por meio da produção e fomentando parcerias de negócios. “Prova disso é que, no ano passado, os bancos tradicionais fecharam centenas de agências, enquanto as cooperativas abriram o dobro de postos de atendimento. Em 2015, o cooperativismo de crédito fechou o ano com 5.478 postos de atendimento, fechando o ano com a maior rede de atendimento do Brasil. Neste contexto, o Sistema Sicoob é a sexta maior rede de atendimento do País”, enumera Saúgo.

No Brasil, o cooperativismo de crédito possui 8,4 milhões de cooperados, somente o Sicoob tem 3,4 milhões. Já a Sicoob Credisul conta com cerca de 14 mil associados em Rondônia, Acre e Mato Grosso, incluindo duas capitais (Cuiabá e Rio Branco). “Após a incorporação da Sicoob Empresarial, em fevereiro deste ano, nossa área de abrangência se estendeu de Cuiabá a Rio Branco, ampliando consideravelmente a possibilidade de crescimento e expansão da cooperativa. Conseguimos isso graças à solidez e a credibilidade conquistadas”, finalizou.

José Antonio Sant’Ana/Assessor de Imprensa

DA REDAÇÃO DO HOJERONDONIA.COM

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

E-mail: hojerondonia@gmail.com / wilmergborges@hotmail.com